Como usar plantas na decoração

Além de deixar o ambiente mais charmoso, cultivar plantas dentro de casa ajuda a melhorar a qualidade do ar, contribuindo para o bem-estar dos moradores. A atividade proporciona momentos prazerosos de relaxamento pois, durante o cultivo é necessário dar uma pausa na rotina acelerada, respeitando o tempo de desenvolvimento da planta.

O espaço torna-se mais aconchegante com elas. Seja com suas cores, desenho dos ramos ou a ornamentação em vasos, faz-se um contraste natural com os móveis e eletrodomésticos, compondo uma decoração sofisticada. Para melhor harmonizá-las com o ambiente, a indicação é contratar um profissional paisagístico. É importante avaliar o estilo da decoração e a área interna do imóvel para a escolha das espécies. Outro ponto a ser observado é o estilo de vida do moradores. Se a rotina é agitada, procure por plantas que demandam poucos cuidados. Caso o interesse seja fazer da atividade um hobby, o cuidado com elas será algo recompensador.

Existem várias espécies de plantas e flores que se adaptam aos espaços internos e são capazes de mudar o astral do ambiente. Vale a pena conferir!

 

Espada de São Jorge

A Espada de São Jorge é uma planta bastante resistente, que precisa ser regada uma vez a cada duas semanas. Ela se adapta a cômodos com pouca iluminação e pode ser encontrada em diversos tamanhos, por isso, pode ser usada tanto nos cantos das paredes, como em jardins externos. Apresenta um tom verde escuro e harmoniza muito bem com decorações rústicas. Confere um tom moderno ao ambiente, porém, é tóxica para os pets.

espada_sao_jorgeFoto: Pinterest

Orquídeas

Por apresentarem variadas e lindas cores, as orquídeas são amplamente usadas na decoração. Apesar de muito delicadas, elas demandam poucos cuidados. Devem ser cultivadas à meia sombra, em ambientes frescos e arejados. Por apresentarem um caule bastante delicado, elas demandam um ponto de apoio para escorá-las e protegê-las do vento. O ideal é que as orquídeas sejam regadas uma vez por semana e adubada pelo menos uma vez por mês. Uma dica: prefira os vasos de barro aos de plástico, pois eles drenam melhor a água.

82172806Foto: Pinterest

Cacto

Os cactos são plantas muito práticas, pois não demandam muitos cuidados. Não precisam ser regado com frequência e são apropriados aos ambientes que recebem luz direta. Também se adaptam muito bem aos banheiros, tendo em vista que absorvem a umidade local. Por serem bastante estilosos, eles ajudam a compor a decoração. Se plantados com suculentas e outras espécies, ganham um charme a mais. Os cactos podem ser encontrados em diversos tamanhos e quando plantados em vasos, o crescimento fica estagnado ao perceber a limitação do espaço.

cactoFoto: Pinterest

Samambaias

Para o cultivo das samambaias, a iluminação ideal é a meia-sombra, embora elas gostem também de iluminação difusa. Uma dica para o bom desenvolvimento dessa planta, é deixar a terra sempre úmida, mas não encharcada, e em locais de temperatura constante. Por apresentarem folhas longas que formam touceiras volumosas, é recomendável plantá-las em vasos suspensos. Assim, será possível tirar proveito de sua exuberante textura. O vento deve ser evitado, de modo a não queimar suas folhas.

samambaiaFoto: Pinterest

Suculentas

As suculentas são de fácil manejo e se adaptam bem em ambientes internos. Necessitam receber luz do sol pelo menos durante uma parte do dia. Elas apresentam raiz, talo e folhas engrossadas e armazenam água por períodos prolongados. Caso as folhas comecem a murchar, é preciso aumentar gradativamente a quantidade de água. Se as folhas da base começarem a apodrecer, é preciso diminuir. Caso não receba a quantidade necessária de luz, a planta começa a ficar fina e a perder folhas.

suculentas-agmarFoto: Anamaria Mendes

Pau d’água

Essa espécie não precisa ficar exposta diretamente à luz do sol, nem de muita luminosidade, além de suportar o ar condicionado. O pau d’água precisa ser regado de duas a três vezes por semana e pulverizar as folhas garante um crescimento mais saudável. O tom de verde atrelado ao seu formato, faz uma linda combinação com ambientes rústicos.

pau-dagua-agmar-blog

Para dispor as plantas na decoração, é interessante explorar diferentes alturas e misturar suas cores e texturas. Lembre-se de colocar juntas as espécies que gostem das mesmas condições de luz. Quando não couberem no chão, os vasos posicionados sobre os móveis podem ser uma alternativa. Se colocadas nos cantos de móveis, as plantas ajudam a realçar o espaço. Motivos é o que não faltam para aproveitar na decoração todo o charme das plantas!

Acesse o site da Construtora Agmar e conheça os empreendimentos de alto padrão com amplo espaço para proporcionar bem-estar e qualidade de vida a você e sua família. Siga-nos no Instagram e Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *