Como montar uma adega climatizada no apartamento?

Tempo de leitura: 4 minutos

Saiba porque vale a pena investir em uma adega climatizada

Para apreciadores de vinhos, uma adega climatizada no apartamento é um luxo necessário para que se alcance uma máxima experiência na degustação.

Ou seja, os vinhos precisam de um tempo de maturação em condições ideais de armazenamento para que possam oferecer o melhor sabor. Por isso, para a construção de uma adega climatizada para vinhos, é importante se atentar a alguns fatores.

Imagem: Reprodução da Internet
Imagem: Reprodução da Internet

Como escolher uma adega climatizada?

Para escolher o tipo de adega climatizada, é importante avaliar a quantidade de garrafas na coleção. Para os enófilos que desejam ter vinhos de guarda, ou seja, vinhos que precisam de alguns anos de amadurecimento até atingirem o seu auge, uma adega do tipo geladeira, para até 60 garrafas, pode atender. Já se a intenção é armazenar vinhos do dia a dia, pode ser usada uma adega de 12 a 24 garrafas.

Outro aspecto a ser considerado na escolha do modelo da adega climatizada, é a personalidade do morador. É importante lembrar que esse ambiente ajudará a compor a decoração do lar. Sendo assim, é necessário que harmonize com o ambiente e o mobiliário.

Quais espaços do apartamento podem ser usados para a instalação da adega climatizada?

Diversos espaços do apartamento podem ser usados para a instalação da adega climatizada. Um corredor ou vão da escada podem ser algumas das opções para uma adega mais simples. Mas, se a coleção de vinhos for extensa, será necessário escolher um cômodo específico para comportar a adega climatizada.

É importante que o ambiente não receba calor e luz solar, uma vez que esses fatores interferem no processo de envelhecimento dos vinhos. Além disso, é preciso evitar a trepidação e o barulho nesse local.

Ou seja, a movimentação altera a pressão interna da garrafa e as vibrações podem causar pequenas rachaduras que permitem a entrada de ar na garrafa, interferindo na qualidade do vinho.

Imagem: Reprodução da Internet
Imagem: Reprodução da Internet

Como deve ser o interior da adega?

É preciso que o interior da adega seja revestido, de preferência, com materiais lisos, impermeáveis e não reflexivos.

Com relação à otimização dos espaços, o dimensionamento dos nichos deve seguir parâmetros específicos para os eixos e os ângulos, que ajudam na conservação. Opte por prateleiras deslizantes e reguláveis, que permitem armazenar diferentes tamanhos de garrafa.

Além disso, mantenha a estrutura bem conservada, incluindo as paredes e o teto, sem que haja rachaduras, goteiras, infiltrações e mofos. Quanto ao piso, deve ser de alta resistência e fácil manutenção.

Sobre a quantidade de rótulos, conforme alguns sommeliers, uma adega mínima deve dispor de 13 vinhos tintos, 10 vinhos brancos, 4 rótulos entre espumantes e champagnes, 2 vinhos do porto e 1 de sobremesa.

Vale ressaltar que o alto investimento em uma adega climatizada justifica-se pela ausência de risco de se perder boas garrafas ou vê-las amadurecidas precocemente.

Imagem: Reprodução da Internet
Imagem: Reprodução da Internet

Climatização e controle de umidade

Para que se mantenha as propriedades exatas do vinho ao longo dos anos, é importante que a adega possua uma funcionalidade reguladora de temperatura e umidade.

Há adegas que trabalham com regulagem precisa através de um termostato. Para isso, pode-se optar por um projeto de armário refrigerado sob medida ou comprar uma adega refrigerada e climatizada.

Esse controle é importante para que não haja mudanças bruscas de temperatura. O ideal é que se mantenha entre 14°C e 16°C para os tintos, entre 10°C e 12°C para os brancos e aproximadamente 8°C para os espumantes.

Com relação à umidade, deve ser mantida no mínimo, em 70% e no máximo, 80%. Assim, evita-se o ressecamento das rolhas, o que permitiria a entrada de oxigênio na garrafa. Acima disso, podem surgir fungos.

Iluminação

A interferência da luz pode causar alterações químicas no vinho, alterando assim o seu sabor, além de outras consequências. Sendo assim, o recomendado é que o ambiente da adega climatizada seja o mais escuro possível. Para o manejo e limpeza das garrafas, é preciso que a luz não incida diretamente sobre as garrafas.

Conheça diversas opções de projetos residenciais com sofisticada e completa estrutura para que você desfrute momentos de descontração e relaxamento ao lado da família e amigos. Conheça os melhores imóveis de alto padrão e luxo em Belo Horizonte. Siga-nos no Instagram e Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.